quinta-feira, 6 de maio de 2021

EXPULSO DA PMMA SOLDADO QUE MATOU CABO A TIROS EM TERESINA

                                      

                                         

O policial militar Francisco Ribeiro dos Santos Filho foi excluído dos quadros da Polícia Militar do Estado do Maranhão.  A exoneração dele foi publicada no Diário Oficial e foi assinado pelo secretário de Segurança Jefferson Portela.  O militar foi exonerado pelo fato de ter assassinado a tiros em janeiro de 2019  na Zona Leste de Teresina o cabo da Polícia Militar do Piauí Samuel de Sousa Borges. O crime ocorreu após uma discussão no trânsito e o cabo Samuel foi executado na frente do filho de 8 anos. Após a prática do crime Francisco foi preso em flagrante e autuado pela Polícia Civil do  Piauí.  Francisco também é apontado como autor de um assassinato ocorrido em agosto de 2018 na praça do bairro Terra Mole. Naquele local uma pessoa foi executada a tiros e de acordo com a perícia os projéteis extraídos do corpo da vítima saíram da arma usada por  Francisco.  Ele também  é apontado como autor de um duplo homicídio registrado em dezembro de 2018.  Naquela oportunidade duas pessoas foram mortas a tiros nas proximidades do Parque Zôobotânico de Teresina.  A arma usada no crime e a mesma do acusado . Todos os processos estão em andamento na justiça do Piauí. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário