segunda-feira, 11 de janeiro de 2021

CAPITÃO DA PM É PRESO ACUSADO DE ESTUPRO MAIS E SOLTO EM AUDIÊNCIA DE CUSTÓDIA

                                       

Uma técnica de enfermagem de 23 anos, foi violentada sexualmente no aligamento de repouso do Hospital Genesio Rego no bairro da Vila Palmeira.  O crime ocorreu na madrugada desta segunda-feira, (11) e teria sido praticado pelo médico e capitão  da Polícia Militar do Estado do Maranhão,  Allan Dias. O acusado foi preso por policiais do 9 ° BPM e encaminhado para a Casa da Mulher Brasileira,  onde foi autuado em flagrante. A vítima relatou em seu depoimento que estava de serviço naquela unidade de saúde e que em determinado momento se dirigiu ao alojamento do repouso.  Segundo ela durante a madrugada percebeu que estava despida e que o acusado  forçava uma relação sexual sem o seu consentimento.  Mesmo assim  ela disse que foi violentada sexualmente e que em  seguida comunicou o caso a enfermeira chefe do plantão e tratou de sair do local indo para sua residência. Já em casa ela relatou o caso para os seus familiares e então foi orientada a registrar o fato na Casa da Mulher Brasileira.  O caso foi informado ao Ciops e de imediato o oficial de dia do 9° BPM foi até o hospital onde predeu e conduziu o acusado até a Casa da Mulher Brasileira. Após ter sido autuado em flagrante o capitão Allan acabou sendo posto em liverdade nesta segunda-feira durante a audiência de custódia. 

5 comentários:

  1. MEU QUERIDO SILVAN EU NEM ME IMPRESSIONO MAIS COM OS ABSURDOS NESTA TERRINHA...MAIS DIZER QUE ESSE SUJEITO FOI POSTO EM LIBERDADE KKKKKKKK...EU SORRIR DEMAIS...CADÊ AS MULHERES DESTA PORCARIA DESTE ESTADO...SERÁ QUE ELAS SÓ SERVEM PRA SEXO E NADA MAIS...EU SINCERAMENTE ESTOU ENVERGONHADO COM AS MULHERES DO MEU ESTADO.LAMENTÁVEL.

    ResponderExcluir
  2. O sujeito premeditou todo o crime w a palavra dele se FAZ EM JUÍZO PELO FATO DELE TER O GOVERNADOR AO SEU FAVOR É TER POSIÇÃO SOCIAL ELEVADA ENQUANTO QUE A VÍTIMA NÃO PASSA DE UMA ENFERMEIRAZINHA E BEM PROVÁVEL SEM POSIÇÃO SOCIAL.NO MARANHÃO É ASSIM...DINHEIRO E POSIÇÃO SOCIAL TE LIVRA DE TUDO.

    ResponderExcluir
  3. É vergonhoso para o BRASIL TER UM ESTADO EM QUE AS MULHERES NÃO SE UNEM POR CAUSA PRÓPRIA.ESSE CASO SÓ SERVIRÁ DE INCENTIVO PARA OUTROS DELINQUENTES COMETER O MESMO CRIME DENTRO DO NOJO DO ESTADO DO MARANHÃO.A IMPUNIDADE AQUI É SOBERANA.

    ResponderExcluir
  4. AOS FAMILIARES DAVÍTIMA...UM CONSELHO DEIXO....VÃO BEM AQUI EM BRASÍLIA...PEÇAM AJUDA PRA JUSTIÇA FEDERAL...É O PASSO MAIS CORRETO PRA POR ESSE SUJEITO NA CADEIA.QUE A JUSTIÇA DO MARANHÃO VOCÊS IRÃO PERDER TEMPO E NESSE CASO TEMPO É OURO.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir