terça-feira, 10 de novembro de 2020

HOMEM É CONDENADO A 43 ANOS DE PRISÃO POR MORTE E ESTUPRO DE UMA CRIANÇA NO MAIOBÃO

                                      

Na sessão do Tribunal do Júri Popular realizada nesta terça-feira, (10), no Fórum Desembargador Sarney no Calhau. O réu Robert Serejo Oliveira,  foi condenado a 43 anos de reclusão a serem cumpridos em regime fechado.  Ele foi condenado por crime de feminícidio, estupro de vulnerável  e ocultação de cadáver praticado contra uma menina em 2017 na comunidade do  Maiobão área do município de Paço do Lumiar.  Na época ele era o padrasto da vítima e aproveitou o momento em que a mãe da menina  saiu para uma entrevista de emprego e praticou o crime. Robert foi preso logo após o delito e acabou confessando que matou e violentou a vítima. A sessão foi presidida pelo juiz Gilberto de Moura Lima e no final os advogados de defesa do réu recorreram  da sentença.  No entanto o Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão manteve a condenação do acusado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário