terça-feira, 27 de outubro de 2020

TRAFICANTE ATIRA EM QUARTEL DA PM E ATACA CASA DE POLICIAL EM PIRAPEMAS

                                       
                                        
                                         
                                          

U
m homem identificado como Gilson das Chagas Oliveira, esta sendo procurado pela polícia da cidade de Pirapemas, (MA). Ele é acusado de ter atacado a tiros a sede da companhia da Polícia Militar do Estado do Maranhão,  naquele município e também ter atirado contra a residência do policial militar cabo Alves,  lotado naquela cidade. O episódio ocorreu na noite de sexta-feira(23), quando policiais militares foram até o bar do Celso onde o acusado estava com o seu carro com o som muito alto. Ao ser abordado pelos policiais ele se recusou a baixar o volume do som. Houve uma discussão e os policiais tentaram prendê-lo e ele reagiu travando uma luta corporal com um dos policiais.
 
TIROS
Gilson conseguiu fugir do local e um amigo dele que também se envolveu na confusão teria sido espancado e teve a sua motocicleta  destruída. Em seguida Gilson teria convocado alguns comparsas e então foi até a Companhia da Polícia Militar onde efetuou vários disparos contra a fachada do prédio. Em seguida eles foram até a casa dos  familiares do cabo Alves onde efetuaram vários disparos.  Gilson teria envolvimento com o tráfico de drogas naquela cidade e já responde por um crime de tentativa de homicídio ocorrido em 2014 naquela cidade. O acusado ainda não foi encontrado pela polícia. 

3 comentários:

  1. Eu bato sempre na mesma tecla...O POVO MARANHENSE IMITAR TUDO O QUE NÃO PRESTA,QUE ELES VÊEM LÁ FORA...NUM RIO DE JANEIRO DA VIDA...NUMA SÃO PAULO DA VIDA...É UM POVO SEM RACIOCÍNIO PRA CRIAR E DAR EXEMPLO DE TUDO DE BOM PRA ESSE LIXO DESSE PAÍS...MAIS NÃO...SÓ COPIAN MERDA.POR ISSO QUE ESSA PORCARIA DESTE ESTADO ENCONTRA-SE NO FUNDO DO POÇO.

    ResponderExcluir
  2. Será Q vale a pena o esforço com o risco de perder a vida por uma instituição que não os valoriza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não precisa pressa, localizar o peixe e desser nas cordas.

      Excluir