sábado, 3 de outubro de 2020

INQUÉRITOS SÃO ABERTOS PARA APURAR TRAGÉDIA COM MORTE E FERIDOS NO MIX MATEUS

                                     
                                         
O Ministério Público do Trabalho no Maranhão  determinou a abertura de inquérito para apurar as responsabilidades eu torno do acidente que ocorreu na noite desta sexta-feira, (2) nas dependências do Supermercado Mateus, "Mix Atacarejo " na Curva do 90 bairro Recanto Vinhais.  A tragédia resultou na morte da funcionária Elane Oliveira Rodrigues ,21 anos , natural do Pará e ferimentos e mais oito pessoas entre clientes e funcionários que estavam na loja. O Corpo de  Bombeiros trabalhou no local com cerca de 300 homens para fazer o resgate das vítimas que foram levadas para hospitais públicos e particulares.  
VELÓRIO 
O corpo de Elane Oliveira que trabalhava no supermercado a pouco mais de dois meses. Passou o sábado,(3) sendo velado no Cantinho do Céu,  próximo ao Conjunto Bequimão e deve ser sepultado neste domingo, (4). Além da investigação que foi aberta por determinação do Ministério Público do Trabalho. A Polícia Civil também instaurou inquérito para apurar as responsabilidades em torno do acidente.  Neste sábado, (3) uma equipe de peritos do Instituto de Criminalistica, (ICRIM ) esteve no local do acidente fazendo os levantamentos periciais. O acidente teria ocorrido depois que uma empilhadeira teria atingido uma das prateleiras que desmoronou atingindo as outras prateleiras provocando um efeito cascata. Em função do acidente que deixou um morto e oito feridos.  As lojas do Grupo Mateus não abriram neste sábado em São Luís, (MA). 
s

2 comentários:

  1. BALELA...PURA BALELA...SEU WILSON VAI CHAMA O MINISTÉRIO PÚBLICO PRA TOMAR UM CHÁ DAS 5 E PRONTO...TÁ FEITA A RECEITA PRA IMPUNIDADE NO MARANHÃO....O MAIS TERRÍVEL DE TUDO É A PERDA DA ELAINE,VÍTIMA FATAL DA AMBIÇÃO E GANÂNCIA.

    ResponderExcluir
  2. Eu simplesmente acho desnecessário aquelas prateleiras enorme que muitos supermercados tem. Aqui em SP vários deles tem inclusive ATACADÃO,isso gera medo. Lamento pela morte da Moça espero que o MP investigue mesmo.

    ResponderExcluir