sexta-feira, 11 de setembro de 2020

PRESO VETERINÁRIO ACUSADO DE MATAR EMPRESÁRIO DENTRO DA PRONTOCLINICA NO MONTE CASTELO

                                        

                  
O médico veterinário Daniel Leite Cardoso, foi preso na tarde desta sexta-feira, (11), ao ser apresentado na Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa, (SHPP ). Ele teve a prisão temporária  decretada pela Justiça pelo fato de ser o principal acusado de assassinato do empresário Eduardo Viegas Costa.  O crime ocorreu na noite de quarta-feira,  (9) no interior da Prontoclinica Veterinária, localizada na Avenida Getúlio Vargas no Monte Castelo. Ao ser apresentado para ser ouvido no inquérito.  O acusado recebeu voz de prisão .
O CRIME 
Pelo que esta sendo apurado pela polícia a confusão que originou o crime.  Ocorreu na hora do pagamento do tratamento de um gato de propriedade de Eduardo.  Segundo algumas testemunhas o tratamento do animal teria sido acertado no valor de R$ 500 reais. No entanto ao chegar na clínica para pegar o seu animal. Eduardo foi informado que o valor que teria que ser pago era de R$ 560 reais.  Ele não concordou e iniciou uma discussão com Daniel que era o médico veterinário de plantão. Na discussão  a vitima exigiu a emissão de uma  nota fiscal o que não foi aceito pelo acusado.  Em seguida a vítima pegou o telefone celular e começou a filmar a discussão dentro da clínica. Naquele momento Daniel se irritou e tentou tomar o celular de Eduardo.  Os dois entraram em luta corporal e o médico sacou de uma a pistola PT 380 e efetuou vários disparos atingindo a vítima que morreu no local. Um dos disparos ainda atingiu a namorada de Eduardo que foi ferida em uma das mãos.  Após o crime o acusado fugiu do local levando a arma do crime. Depois de  preso Daniel foi encaminhado para o Complexo Penitenciário São Luís. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário