quinta-feira, 17 de setembro de 2020

IMAGENS MOSTRAM COM DETALHES A EXECUÇÃO DO EMPRESÁRIO DENTRO DA CLÍNICA NO MONTE CASTELO

                                            


As imagens das câmeras de segurança da Prontoclinica Veterinária no bairro do  Monte Castelo,  mostram com detalhes a morte do empresário Eduardo Viegas Costa. Executado a tiros no interior daquele estabelecimento  na noite de quarta-feira, (9). O homem que aparece efetuando os disparos e o médico veterinário Daniel Leite,  que esta  preso cumprindo prisão temporária decretada pela Justiça.   Nas imagens e possível ver a esposa da vítima identificada como Evelin na cena do crime . Ela foi atingida com um disparo na mão e fica desesperada ao ver o marido cair sem vida na recepção da clínica.  O vídeo com a cena do crime confirma tudo que foi apurado até agora pela Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa, (SHPP). A briga que motivou o crime ocorreu depois que Eduardo discordou do valor cobrado pela clínica para o tratamento do seu gato. O valor acertado era de R$ 500 reais e na hora de pegar o animal foi acrescido o valor de R$ 60 reais. A vítima exigiu a nota fiscal e o acusado se recusou a fornecer. Após uma discussão Eduardo começou a fazer um vídeo dentro da clínica e naquele momento Daniel tentou ímpedir e os dois entraram em luta corporal. Em seguida o médico saca uma pistola e executa a vítima .  A Polícia Civil deve concluir o inquérito e enviar a Justiça no prazo de 30 dias. 

5 comentários:

  1. Gente eu estou perplexo com a ação desse sujeito...é revoltante...ele ainda ia matar a namorada do rapaz também....sujeito infeliz...TEM QUE APODRECER NA CADEIA ESSA IMUNDICE.

    ResponderExcluir
  2. Essa coisa ruim precisa ser retirado de vez do convivio social...é um monstro...um verdadeiro psicopata.

    ResponderExcluir
  3. Até aquela clinica as pessoas não querem mais ir por incrível que pareça...ela ficou marcada por essa tragédia...uma imundice daquele tirar a vida de um pai de familia desnecessariamente...urubu infeliz...

    ResponderExcluir
  4. Pela frieza do atirador fica evidente que ou não foi a primeira vez que matou alguém, e seria bom a polícia civil investigar, ou ele realmente pensou atirar em um alvo de papel, igual aos usados nos stands de tiro.

    ResponderExcluir
  5. Nunca se deve bater na cara de homem independente da situação

    ResponderExcluir