terça-feira, 9 de junho de 2020

POLÍCIA FEDERAL PRENDE EMPRESÁRIOS ENVOLVIDOS EM FRAUDES PARA AQUISIÇÃO DE MÁSCARAS CONTRA COVID 19

                                       
Uma operação denominada "Cobiça Fatal" foi deflagrada na manhã desta terça-feira, (9) pela Polícia Federal e Controladoria Geral da União, ( CGU) nas cidades de São Luís, (MA) e São José de Ribamar. A ação foi desencadeada para cumprir três man dados de prisão temporária e 14 de busca e apreensão.  A investigação apura fraude em licitação  com o objetivo de desviar recursos do Governo Federal destinados ao combate à pandemia da Covid 19. Dos mandados de prisão expedidos pela Justiça estão o dos empresários Sornane Silva Santana, Alexandre Chuairy Cunha e a mãe  dele Lúcia Maria Chuairy Cunha. Eles seriam os proprietários das empresas usadas para desviar os recursos.  
A EMPRESA
De acordo com as investigações houve superfaturamento na compra de 320 mil máscaras pela Secretaria Municipal de Saúde de São Luís.  Cada máscara teria sido faturada no valor de R$ 9,90, (nove reais e noventa centavos. Enquanto que no mercado o valor cobrado por cada item e de 3,17, ( três reais e dezessete centavos). A empresa usada para vender as máscaras com valor superfaturado é  a Precision Soluções e esta registrada em nome de Terezinha Neves de Jesus Bottentuit e Lucia Maria Chuairy Cunha.  A empresa estaria sediada no Vinhais e seria representada por Sormane Silva e Alexandre Chuairy. A Polícia Federal também investiga possíveis fraudes praticadas também  na venda de materiais hospitalares para as prefeituras de Timbiras, Matinha, Icatú, Cajapió, Lago do Junco e Porto Rico. Todas no Maranhão. 

2 comentários:

  1. Silvan eu gostaria de saber... kkkkk...QUEM É QUE DAR NOMENCLATURA A ESSAS OPERAÇÕES...KKKKK....ESSE NOSSO ESTADOKKKKK...cobissa fataukkkkk...ai aikkkkk

    ResponderExcluir
  2. E se de fato posso denominar operaçãokkkkkk

    ResponderExcluir