terça-feira, 7 de abril de 2020

PIRÂMIDE FINANCEIRA COMADADA POR MÉDICO DEIXA UM PREJUÍZO DE MAIS DE 300 MILHÕES PARA INVESTIDORES

                                       


Uma pirâmide financeira comandada pelo médico Abdon Murad Junior, acabou causando prejuízos da ordem de R$ 300 milhões de reais para cerca de 400 pessoas em São Luís, ( MA). Dentre as vitimas estão empresarios, delegados, polícias, médicos principalmente dos hospitais Rede D'Or (UDI) e São Domingos. Nem mesmo membros do judiciário teriam escapado do golpe que pode ter sido um dos maiores aplicados no Estado. O caso já foi comunicado a Polícia Civil e também  a Polícia Federal. 
Para atrair investidores  na pirâmide o médico prometia retorno de 14 % ao mês. Tudo parecia bem até abril do ano passado quando a pirâmide quebrou e os investidores deixaram de receber o dinheiro investido. Procurado pelas vítimas o médico começou a dizer que o dinheiro havia sido bloqueado pelo Banco Cental. Começaram aí a emissão de vários cheques sem fundos para pagar as pessoas que estão no prejuízo.  Como a questão parece distante de uma solução. Essa semana algumas das vítimas utilizaram um  carro de som e fizeram uma manifestação na porta do prédio onde Abdon Junior mora na Península da Ponta d'Areia.
                                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário