terça-feira, 18 de fevereiro de 2020

DE NOVO: FUNCIONÁRIOS DA EQUATORIAL MARANHÃO CORTAM ENERGIA NO ANIL DESCUMPRINDO ORDEM DA JUSTIÇA



Mais uma confusão envolvendo funcionários da Equatorial Maranhão,  (antiga Cemar) e uma consumidora foi parar na delegacia.  O fato ocorreu na Rua Tarquínio Lopes no bairro do Anil e foi registrado no Plantão Central da Rua do Norte,  região central da cidade. A vítima identificada como Conceição de Maria Moreno Nogueira,  afirmou que tem uma liminar concedida pela Justiça e que evita a suspensão do fornecimento de energia até que haja uma decisão em uma ação que ela move na justiça contra a Equatorial Maranhão.  No entanto os funcionários da empresa ignoraram a liminar e cortaram a energia  da casa da vítima e ainda arrancaram o medidor.  Conceição disse na delegacia que tem uma filha que faz hemodiálise e nem isso sensibilizou os servidores da empresa. Diante da situação da criança o delegado Ronilson Moura solicitou que a energia fosse estabelecida na casa da vítima.
OUTRO CASO
No início deste mês na cidade de Imperatriz,  (KA), familiares de idosa Josefa Maria da Conceição,92 anos  apontam funcionários da Equatorial Maranhão como responsáveis pela morte dela. Josefa foi levada para o hospital com problemas respiratórios e ao retornar foi abordada por um funcionário da empresa que foi fazer o corte de energia da casa dela. Os familiares filmaram toda a cena e colocaram nas redes sociais. Um deles ainda argumenta dizendo que a idosa precisava fazer nebulização. No entanto ele acaba cortando a energia da casa de Josefa. A idosa acabou morrendo a noite e família responsabiliza a empresa pelo obtido. O caso está sendo investigado pelo Ministério Público da cidade de Imperatriz.

2 comentários:

  1. Cortaram a minha aí paguei e pedir pela manhã pra religarem'vieram a tarde. .veio uma cobrança absurda de quase 50 rs de taxa

    ResponderExcluir
  2. E uma grande o responsabilidade o que essa empresa faz com a população e cadeia nestes vagabundos pois só assim vai ter justiça neste estado um abraço Silvan

    ResponderExcluir