segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

FUGITIVO DE PEDRINHAS É ACUSADO DE ENVOLVIMENTO NA MORTE DE AUXILIAR PENITENCIÁRIO


Um fugitivo do Complexo Penitenciário de Pedrinhas identificado como Rony Cassio Chaves de Araujo, teria envolvimento na execução do auxiliar penitenciário Carlos Augusto Correia. O crime ocorreu na sexta-feira,(3) no bairro da Cohab no momento em que a vítima estava na porta da agência do Banco do Brasil.  De acordo com as investigações feitas pela Polícia Civil o auxiliar penitenciário foi executado pelo ex-presidiário Paulo Vitor Matos Cutrim,  que já está preso. Ele em companhia de um  outro homem  teriam executado a vítima. A moto usada na prática do crime foi apreendida e está em nome da companheira de Paulo Vitor. 

INIMIGOS NA CADEIA
Rony Cassio fugiu da Penitenciária de Pedrinhas aproveitando o momento em que saiu para jogar o lixo fora. Ele trabalhava na limpeza e aproveitou a confiança para fugir. Segundo as investigações da Superintendência de Homicídios e Proteção a Pessoa,  (SHPP), a vítima por causa do trabalho se indispôs com alguns detentos da URP 5 onde trabalhava. Dentre esses presos estariam Paulo Vitor, Rony Cassio e outros. O superintendente de Homicídios delegado Lúcio Reis, afirmou que a morte do auxiliar penitenciários teve um mandante e que a polícia está buscando identificar todos os envolvidos no crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário