quinta-feira, 7 de novembro de 2019

DEFUNTO NÃO COMPARECE E SESSÃO DO TRIBUNAL DO JURI É SUSPENSA EM BACABAL


Um caso inusitado ocorreu na cidade de Bacabal onde uma sessão do Tribunal do Juri acabou sendo suspensa porque no início dos trabalhos ficou constatado que o réu Aldizio Sousa Santos,  conhecido como "Turrão" está morto desde 2015. Ele deveria ter sido julgado pelo assassinato de Raimundo Nonato da Silva,  que foi morto naquela cidade no amo de 2011. A justiça só descobriu que o réu estava morto quando uma das testemunhas foi ouvida no plenário e relatou que o acusado já havia falecido. Fato que foi confirmado pelos familiares de Aldizio. De imediato a juíza determinou a suspensão da sessão e designou um oficial de justiça para fazer buscas nos cartórios da cidade de Bacabal com o objetivo de localizar o atestado de óbito do acusado. A sessão está suspensa por onze dias até que a justiça consiga reunir todas as provas de que realmente o réu está morto. Segundo os familiares Aldizio teria sido assassinado após uma briga de bar naquela cidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário