segunda-feira, 14 de outubro de 2019

PRESA NO MARANHÃO MULHER ENVOLVIDA NA MORTE DA IRMÃ DOROTHY



Policiais do Grupo de Serviço Avançado,  (GSA )  do 27 ° Batalhão da Polícia Militar do Estado do Maranhão prenderam no povoado Itamirim município de Rosário, (MA) a mulher  identificada como Luana de Cassia Castro Mendes. Ela é foragida da Justiça do Pará por envolvimento na morte da missionária norte americana irmã Dorothy  Stang.  Com ela também foi preso o homem  identificado como Carlos Magno da Silva Silva. Ele tentou impedir a prisão de Luana e acabou sendo preso. 

MORTE DA MISSIONÁRIA
A missionária Dorothy Stang foi assassinada durante uma  emboscada em 2005. Ela defendia os direitos dos povos indígenas e a floresta amazônica contra os desmatamentos. Luana estava foragida desde a época do crime e de acordo com a polucia era difícil encontrá-la em função dela está sempre mudando de endereço. Ao tomarem conhecimento de que Luana estava escondida na Região do Munim policiais passaram a monitora-la. Neste domingo, (13) os agentes tomaram conhecimento que ela estaria em uma festa no povoado Itamirim e então resolveram montar campana naquele local até efetuar a prisão de Luana. Contra ela havia um mandado de prisão decretado pela Justiça do Estado do Pará e outro da Justiça de Acailandia,  (MA). Os dois presos foram encaminhados para a Delegacia Regional de Rosário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário