sábado, 19 de outubro de 2019

INTEGRANTES DE FACÇÃO SÃO PRESOS COM MAIS DE 50 KG DE MACONHA CRACK

Sete pessoas foram presas por envolvimento com uma facção criminosa e o tráfico de drogas durante a operação denominada "Tiro Certo." A ação foi deflagrada pela Polícia Civil através da Superintendência de Combate e Repressão ao Narcotráfico, (SENARC) e Superintendência Estadual de Investigações Criminais, (SEIC). Durante a operação a polícia aprendeu cerca de 52 kg de maconha e crack e também  R$ 4,580,00, ( quatro mil quinhentos e oitenta reais) em dinheiro. Foram presos Robson   Martins Dominici Junior, Danielson Mendes Serra, Aline Santos da Silva e os presos que já estão recolhidos na Penitenciária de Pedrinhas, Wilderley Moraes e Pedro André de Sousa Ribeiro. Com esse núcleo da facção a polícia apreendeu varias escrituras públicas de imóveis e o livro caixa com movimentação do tráfico.  
CARREGAMENTO DE DROGAS
A polícia pediu o bloqueio de várias contas bancárias da facção. De acordo com a investigação o  bando movimentou cerca de R$ 800.000,00, (oitocentos mil reais) , nos últimos dias. Também ficou constatado que a organização criminosa investiu cerca de R$ 150 mil reais para compra droga. Com essa informação os polícias partiram para a BR-135 nas proximidades do povoado São Francisco, município de Itapecuru Mirim, onde abordaram em um veiculo o casal Jackson Nabate Santos e Larissa Rafaela Almeida dos Santos. Com eles os policiais apreenderam 52 tabletes de maconha e crack. Também foi preso por porte ilegal de arma o homem  identificado como  João Soares Santos. Todos foram autuados em flagrante  por crime de tráfico e associação para o tráfico.  A primeira fase da operação "Tiro Certo" foi deflagrada em abril deste ano e naquela oportunidade foram cumpridos 15 mandados de prisão e 25 de busca e apreensão. 
                                         


Nenhum comentário:

Postar um comentário