sábado, 26 de outubro de 2019

DESCOBERTA EM CAXIAS FÁBRICA QUE PRODUZIA REMÉDIOS FALSIFICADOS

A Polícia Civil de Caxias,  (MA) estourou o laboratório de uma fabrica de medicamentos clandestinos que estava funcionando naquela cidade. A fábrica funcionava na travessa Cristino Gonçalves no bairro Volta Redonda, onde foi preso o homem identificado como José Francisco Nunes da Silva, proprietário do local. A polícia vinha investigando a venda de medicamentos falsificados a cerca de dois meses. Na fábrica clandestina os policiais apreenderam cerca de 3 mil rótulos falsos, carimbos com uma única data de fabricação e validade. Também foram apreendidas tampas para garrafas, anotações e várias garrafas vazias. Os policiais encontraram também um líquido pronto para ser engarrafado. A substancia foi apreendida e encaminhada para ser analisada no Icrim. Dentre os medicamentos produzidos estavam Jalapa, Aguardente Alemã e outros. Os remédios eram produzidos sem as mínimas condições de higiene e os criminosos usavam na mistura o álcool 90 graus que não é recomendado para ingestão humana. A ação da polícia deu-se em cumprimento a mandado de busca e apreensão concedido pelo juiz Paulo Afonso Gomes da 1° Vara Criminal de Caxias. De acordo com as investigações todo o medicamento falsificado era vendido nas cidades de Caxias, Chapadinha,  Timon e outros municípios da Região dos Cocais. 
                                           




Nenhum comentário:

Postar um comentário