sexta-feira, 19 de julho de 2019

EX-GUARDA PENITENCIÁRIO É PRESO COM CÉDULAS FALSAS NA CIDADE DE CANTANHEDE




O ex-guarda temporário Genilson Costa Gomes e a esposa dele Jackeline Sousa da Silva, foram presos pela Polícia Civil na cidade de Cantanhede, (MA). O casal é acusado de fazer compras no comércio local e distribuir cédulas falsas. Os dois já vinham sendo monitorados pela polícia em função de estarem agindo em Cantanhede e cidades vizinhas. Eles faziam a compra de pequeno valor e pagavam com cédulas de um valor maior. Com isso eles faziam circular as notas falsas e pegava o troco com cédulas verdadeiras.  Os acusados foram presos e autuados em flagrante por crime de falsificação e circulação de moeda.

VIDA NO CRIME
Genilson foi exonerado do cargo que exercia como guarda penitenciário temporário no ano passado.  Ele foi flagrado em janeiro de 2018 quando entrou no Presídio São Luís,  onde trabalhava com uma sacola com vários aparelhos de telefone celular.  Genilson já vinha sendo monitorado pelo sistema de segurança do presídio.  Já que havia suspeita de que ele estava levando celulares para os presos. O ex-guarda temporário acabou sendo flagrado no momento em que ia entregar a sacola com os telefones para um preso. Ele recebeu voz de prisão em flagrante e acabou sendo demitido da função que exercia. Agora ele foi flagrado novamente cometendo outro tipo de delito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário