terça-feira, 18 de junho de 2019

JUSTIÇA MANDA PRENDER COMERCIANTES QUE MATARAM ASSALTANTE DURANTE LINCHAMENTO

Os comerciantes Altenir Pires Vaz, conhecido como "Senhor" e Albenir Pinto Vaz foram presos pela Polícia Civil da cidade de Cururupu, (MA). Os dois são irmão e tiveram as prisões preventivas decretadas pela Justiça por terem participando de um linchamento que resultou na morte de um assaltante naquele município.  O crime ocorreu em setembro de 2018 quando a vítima identificada como Dorivaldo Santos Barbosa, conhecido como "Piteco" , assaltou o estabelecimento comercial de propriedade de Altenir. Após o roubo a vitima tratou de fugir na garupa de uma motocicleta. O assaltante foi perseguido por Albenir e ao ser capturado teve os pés e as mãos amarrados e passou a ser linchado pelos dois irmãos.  De acordo com as investigações outras pessoas também teriam participado do espancamento que terminou com a morte de Dorivaldo.  Os dois acusados depois de presos foram encaminhados para a Unidade Prisional de Cururupu. A investigação prossegue para identificar e prender as outras pessoas que participaram do linchamento. 
                                       

3 comentários:

  1. Que matéria mais tendenciosa, tratar o vagabundo como vítima, esses caras são heróis, quantos outros estabelecimentos agora não serão mais assaltados por este vagabundo safado. O outro vagabundo que estava pilotando é vitima também??? Parem de vitimizar maginais que roubam e matam trabalhadores, acabaram perdendo a credibilidade igual a outras emissoras. Quando o estado é omisso a população tem que se defender, a Morte de vagabundos é consequência dos atos deles e não por causa da legitima defesa.

    ResponderExcluir
  2. Justiça com as próprias mãos!! Ñ concordo! Ambos errados

    ResponderExcluir
  3. Pais que tira o direito do cidadão se defender é governado por bandidos

    ResponderExcluir