quarta-feira, 22 de maio de 2019

POR UM TRIZ: POLICIA INTERROMPE TRIBUNAL DO CRIME E LIVRA TRÊS PESSOAS DA MORTE

Três pessoas acabaram escapando da morte ao serem libertadas por policiais militares quando eram submetidas a uma sessão do Tribunal do Crime no bairro Vila Ivar Saldanha.  As vítimas foram identificadas como Manoel de Oliveira Vieira, José Lucas Miranda Medeiros e Mayara Coutinho Teixeira.  Eles são da cidade de Pedreiras,(MA) e foram capturados por integrantes de uma facção criminosa quando procuravam quitinete para alugar na área do João Paulo e Vila Ivar Saldanha.  Os três por serem estranhos na área teriam sido confundidos como membros da facção rival.

SENTENÇA DE MORTE 
As vítimas foram dominadas por homens fortemente armados e que usaram cordas para imobilizar os três e leva-los até a Rua Renato Viana, na Vila Ivar Saldanha.  Naquele local as vítimas foram arrastadas para a área de mangue onde os criminosos deram início a uma sessão de julgamento para sentencia-los a morte. No entanto policiais da Equipe Tornado do 9º Batalhão da Polícia Militar do Estado do Maranhão, foram informados da situação e chegaram rápido ao local indicado com apoio de outras viaturas. Os policiais foram recebidos a tiros e após um intenso tiroteio conseguiram resgatar as vítimas. Sete bandidos foram presos e encaminhados para o Plantão Central da Rua do Norte. Os outros conseguiram fugir pelo manguezal. Os presos foram identificados como Kairo Fábricio Almeida, Daniel Rodrigues Araújo, Iury Souza Machado, Caio André Sampaio de Pinho, José de Arimateia da Cruz,  Felipe Edson Lima Rodrigues e Mateus Cristian Moreira. Todos foram autuados em flagrante por  associação criminosa, sequestro e cárcere privado. 
                                   










Nenhum comentário:

Postar um comentário