domingo, 17 de março de 2019

MAJOR DA PMMA PROMOVE TIROTEIO NO RESIDÊNCIAL PINHEIROS

Moradores  da rua 10 do Residencial Pinheiros II entram em pânico na noite  deste sábado (16) depois que o major da Polícia Militar do Estado do Maranhão Eduardo Pires Azevedo, surtou e efetuou vários disparos em via pública.  Assustados com a atitude do oficial vários moradores ligaram para o 190 para pedir ajuda. Guarnições do 8 Batalhão que é responsável pela área foram para o local. Mesmo com a presença das viaturas o acusado de dentro de casa continuou efetuando disparos e insultando os colegas. Os moradores relatam que essa não é a primeira vez que o major Azevedo efetua disparos na via pública.  Ele sempre tá se envolvendo em problemas com os vizinhos. Um deles e um policial civil lotado na Superintendência Estadual de Investigações Criminais, (SEIC),  que teve que deixar a casa em função das constantes ameaças feitas contra ele e seus familiares  pelo oficial da Polícia Militar.  Apesar da grande quantidade de tiros disparados ninguém ficou ferido. No entanto os moradores ficaram revoltados porque o atirador não foi preso .
                                 


23 comentários:

  1. Situação lamentável!!!
    Quem deveria proteger a população, está causando pânico.
    Esse cidadão é de responsabilidade do Governo do Estado, cadê o governador Flávio Dino, cadê o secretário de segurança, cadê o comandante geral da PM, por que não tomam uma providência? Estão omissos,irão falar que não sabem de nada? Estão esperando o pior acontecer, para tomar providências? Vão esperar um pai de família ser tirado do seio de seus familiares? Vão esperar outra tragedia, igual a de Suzano.

    ResponderExcluir
  2. Por onde anda o Governador? É dele essa responsabilidade. Depois vão da a culpa as vitimas que estavam anda na rua.

    ResponderExcluir
  3. Este militar já deveria ter sido direcionado para o centro de atendimento psicossocial da PMMA.

    Creio eu que seria uma forma de ajudá-lo e também de prevenir as demais pessoas das possíveis crises dele que podem levar a tragédias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa, amigo! Eu iria fazer o mesmo comentário.
      Mas, só para complementar, muitos nan se apresentam para uma avaliação psicológica com medo de possíveis retaliações. Principalmente em relação aos cursos para fins de promoção.

      Excluir
  4. Um cara desse nao deveria portar arma nenhuma, tinha

    ResponderExcluir
  5. Esse cara tem que ser interditado imediatamente, como pode ter armas?
    Se fosse um cidadao ja estava preso por prte de armas.
    Esse Brasil é uma vergonha.

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Acredito que o Profissional precise ser conduzido a um profissional médico competente pra ser avaliado! O q não pode é por corporativismo, deixar esse ser perigoso, solto prejudicando pessoas inocentes!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Márcio Sousa, concordo com você, em tudo que escreveu.

      Excluir
  8. Se fosse um praça já estaria no Manelão .

    ResponderExcluir
  9. Com certeza o Policial precisa de ajuda Psicológica.

    ResponderExcluir
  10. Só bichão louco!
    Existem muitoamuitos desse tipo nessa área aí do Residencial Pinheiros.

    ResponderExcluir
  11. O Profissional de Segurança Pública, Eduardo Azevedo ( Major QOPM), tem 19 serviço efetivo na Polícia Militar do Maranhão exercendo Sua funcao Constitucional de Preservação e Manutenção da Ordem Pública (Art. 144) da Nossa Carta Magna. Atualmente está passando por tratamento psiquiátrico e psicológico, em decorrência de DEPRESSÃO GRAVE e TAB, sendo que está em tratamento médico e afastado de suas funções, todo este quadro clínico adquirido no decorrer desses anos combatendo a CRIMINALIDADE E PROMOVENDO A PAZ SOCIAL ("MESMO COM O RUSCO DA PRÓPRIA VIDA"). E este vizinho Agente Welington vem provocando este oficial Superior chamando de louco e que deveria trabalhar e procurar tomar seus remédios! "Sendo que quarta-feira da semana passada ao instalar varias câmeras na Sua casa (Agente da SEIC WELINGTON) INSULTOU E CHAMOU para briga o major Azevedo. Portanto, não podemos condenar um Pai de família (casado a 20 anos e Pai de 3 filhos) e trabalhador. Tudo que o Agente da SEIC tem feito é premeditado e com intenção de prejudicar e denegrir a imagem de um Excelente Profissional (Com duas Pós-Graduacoes em Segurança Pública pela UEMA e Centro de Altos Estudos da PMESP). Hoje está doente e precisando de ajuda e não de DIFAMAÇÃO, calúnias e o por parte de Seu vizinho (Agente Welington/SEIC).

    ResponderExcluir
  12. Maior Eduardo Azevedo, comandou a polícia militar da cidade mais violenta do Maranhão (lago da pedra) promoveu a paz naquela cidade o tempo em que esteve no comando. Comandou a polícia da cidade de Coelho Neto, outra cidade onde o enta o Tenente Eduardo promoveu a tranquilidade.
    Oficial que por onde passa deixa a marcada sua competência.
    Duas pós graduações, um Mestrado, todos na área de segurança pública.
    Pai de família que passa por um momento delicado provocado justamente por ter dedicado parte de sua vida para que a sociedade tivesse um pouco mais de segurança.
    O problema psicológico que hj esse oficial passa, espero que esse vizinho não passe por tal problema, porque só quem sofre de depressão sabe o que é sofrimento. Um abraço Maj Eduardo Azevedo e seu que vc vai sair dessa.
    Ps. Espero que o Alto Comando da Segurança Pública tome uma atitude em ajudar quem tanto já fez pela Policia
    Militar e pela sociedade maranhense!

    ResponderExcluir
  13. Pelo que eu vi nesse site, o jornalista pouco sabe sobre o acontecido, em nenhum momento o referido major efetuou disparos em via pública, e o agente da SEIC citado acima, vem realizando diversas provocações ao vizinho(major azevedo), no auge da sua exaltação, tirou sua camisa e foi para cima do major azevedo, chamando o mesmo pra brigar, e realizando diversos comentários depreciativos do tipo: “louco”, “vá tomar seus remédios e dormir”, entre outros. Antes de qualquer comentário, deve-se conhecer a situação pra não falar asneiras, o major azevedo é um profissional de grande relevância dentro da corporação, sempre exerceu seu trabalho de forma integra e honesta, sendo conhecido sempre com um ótimo comandante, e amigo da tropa. Portanto, tudo que esse oficial precisa no momento é de ajuda profissional médica e não de comentários desse tipo. Revejam essa matéria, há muitos erros sobre o major, que acima de tudo, é um exemplo de ser humano.

    ResponderExcluir
  14. Primeiramente, antes de compartilhar qualquer informação,seja ela verídica ou falsa, pense nas consequências que isso trará pra vida das pessoas, conheço ele ao ponto de saber que não é o terço do que foi dito nesse site, uma pessoa humana,de bom coração,família e super competente,além de que, ele tem filhos, tem mulher, tem família, e sabe?! Eu como filha, não gostaria de ver essa situação, então se põe no lugar das pessoas, antes de qualquer coisa. Oq vem acontecendo ultimamente no mundo, são efeitos disso, pessoas como vocês,sem amor, sem humildade e sem compaixão ao próximo, não vim aqui da lição de moral pra ninguém, mas antes de postar qualquer coisa,sobre qualquer pessoa, se põe no lugar do próximo, e veja as consequências que isso vai levar pra vida dele e da família,isso postado foi extramemete antiético, antes de você jogar qualquer conteúdo na rede,Certifique-se que o conteúdo é verdadeiro,pois pra divulgar uma informação,você tem que saber a procedência e se de fato aconteceu, Não me surpreende nem um pouco, já que ultimamente, estamos rodeados de Fake News, mas é isso, esperava mais Profissionalismo da parte de vocês!!!!!

    ResponderExcluir
  15. Ele está precisando de ajuda,mas todo mundo sabe que depressão não é brincadeira.Tem levado os nossos familiares,mãe pai e filhos estamos,todos no mesmo barcos.ORE por todos.

    ResponderExcluir
  16. Antes de postarem algo, analisem e vejam se realmente foi oq aconteceu!!
    Primeiro erro, o nome do Major está errado..
    O oficial de Polícia, Major Azevedo é um profissional em que desde que ingressou ha 19 anos na PMMA, vêm lutando para combater a criminalidade em nosso estado, exemplos disso é a cidade de Lago da pedra, a mais violenta do Maranhão, o oficial passou por lá e promoveu a paz naquela cidade.. outro exemplo é a cidade de Coelho Neto, que ele também promoveu a paz enquanto esteve no comando daquela cidade..
    Nos últimos meses, o mesmo vêm sofrendo de uma doença em que requer muito cuidado e atenção, a DEPRESSÃO.
    quanto ao ocorrido, o Agente de Polícia Civil Welington, já vinha insultando o oficial à algum tempo, agora nos últimos dias ele veio a querer desafiar o oficial com o único objetivo, denegrir a imagem do mesmo..
    Após o Polícia Civil instalar várias câmeras em sua casa, tirou sua camisa e foi até a porta do oficial onde insultou o mesmo novamente..
    Vamos deixar de falar asneira e procurar trabalhar mais em cima de um assunto, antes de sair postando qualquer besteira..
    O oficial da PMMA vêm sofrendo com a séria doença que citei acima.. Vamos ajudá-lo, antes de qualquer coisa, ele também é um ser humano, ele também tem família, ele também tem esposa e filhos, não é só ele que vêm sofrendo, os seus familiares e amigos também vem sofrendo junto.. então só nos resta orar, para que o nosso grande e bom Deus possa está com ele nesse momento tão difícil de sua vida..

    ResponderExcluir
  17. Sou policial militar e desaprovo totalmente essa consulta. As providências cabíveis devem ser tomadas, e que seja a mais justa possível.

    ResponderExcluir