quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

LIDER DE FACÇAO ENVOLVIDO EM ATAQUES A ONIBUS É MORTO EM CONFRONTO COM A POLICIA EM ALCÂNTARA

O chefe de facção criminosa e foragido do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, Genilson Pereira, conhecido como "Baiacu", morreu nesta quarta-feira, (20) em um confronto com a polícia no município de Alcântara, (MA). Policiais militares de Alcântara e do Grupo de Operações Especiais, (GOE) da cidade de Pinheiro, receberam informações que que um fugitivo da justiça estaria escondido no povoado Cagiba em Alcântara. Os policiais foram até o local e ao cercarem a casa foram recebidos a tiros por "Baiacu". Houve uma troca de tiros e ele acabou sendo atingido. Genilson foi socorrido pelos policiais mas acabou morrendo a caminho do hospital. Com ele a polícia apreendeu um revólver calibre 38. De acordo com a polícia ele vinha praticando vários assaltos na região do Cujupe naquele município.  Genilson era apontado como um dos líderes de uma facção criminosa e no ano de 2014 teria coordenado os ataques a ônibus em São Luís, que resultaram na morte da menina Ana Clara Sousa.  Em função disso foi preso e chegou a cumprir pena no presídio federal de Mossoro,(RN). Depois ele foi mandado de volta para o Maranhão  e havia conseguido fugir da Penitenciária de Pedrinhas.  A Polícia ainda procura em Alcântara os outros comparsas de Genilson que conseguiram fugir.
                                 








Nenhum comentário:

Postar um comentário