sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

GOLPISTA É PRESO TENTANDO SACAR MAIS DE 300 MIL REAIS DA CONTA DE UM FALECIDO

Agentes da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, (SEIC)  prenderam na agência do Banco do Brasil no Cohatrac o homem identificado como Denílson Pereira Mello. No momento da prisão ele tentava sacar R$ 320.000,00 mil reais usando os documentos de uma pessoa que morreu em 2014. A polícia chegou a Denílson depois de Investigações feitas pelo Departamento de Combate ao Crime Organizado da Seic. O acusado usava documentos falsos  com o nome de Nicollas Melo Tavares. De acordo com a polícia  Denílson faz parte de uma quadrilha que vem agindo em São Luís, (MA), falsificando documentos, procurações e escrituras públicas para sacar quantias vultosas proveniente de heranças  que estejam depositadas em contas bancárias em nome dos espólios. No momento em que tentava receber mais de 300 mil reais ele apresentou uma escritura pública de inventário e partilha onde dúzia que Denílson era o único herdeiro para receber o dinheiro. Quando foi abordado pelos policiais ele ainda tentou omitir a sua verdadeira identidade apresentando-se como Nicollas Melo. No entanto acabou sendo descoberto e preso. Denílson estava foragido desde 2015 quando conseguiu fugir das dependências da Seic no Bairro de Fátima. Além de ser preso em flagrante havia contra ele um mandado de prisão decretado pela Vara das Execuções Penais. Após os procedimentos adotados na Seic o acusado foi encaminhado para o Presídio São Luís.
                                                   






.

Nenhum comentário:

Postar um comentário