quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

BANDIDOS QUE MATARAM DELEGADO FEDERAL SÃO CONDENADOS A MAIS DE 30 ANOS DE PRISÃO

Em sentença proferida pelo juiz Magno Linhares da 2- Vara da Justiça Federal. Foram condenados a mais de 30 anos de prisão os assassinos do delegado da Polícia Federal, Davi Farias de Aragão. Um dos criminosos Davi Costa Martins foi condenado a 32 anos de prisão em regime fechado e o parceiro dele identificado como Wanderson de Moraes Baldez foi condenado a 31 anos e 10 meses de prisão. Os dois atualmente encontram-se recolhidos no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
O CRIME
Davi Aragão foi morto a tiros durante um assalto em uma casa de praia na região do Araçagy. O crime ocorreu em maio do ano passado quando a vítima estava reunido com seus familiares para comemorar o aniversário de 5 anos da sua filha. A casa foi invadida por Davi e Wanderson que estavam acompanhados de um adolescente 17 anos. O delegado reagiu e acabou sendo morto pelos assaltantes.  Os acusados estão presos desde o ano passado e aguardavam uma decisão da justiça.
                               


Nenhum comentário:

Postar um comentário