quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

ALUNAS ASSEDIADAS POR PROFESSOR DO COLUN COMEÇAM A SER OUVIDAS PELA POLÍCIA

Começaram a ser ouvidas as alunas do Colégio Universitário que acusam o professor de química Francicarlos Veras Cardoso, de assédio sexual. A delegada Ana Zélia Gomes, titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, (DPCA)  disse que  para a polícia nesse primeiro momento o importante é localizar o maior número de vítimas possível para que eles possam formalizar a denúncia contra o acusado. A maioria das vítimas preferiram usar as redes sociais para denunciar os abusos que estariam sendo praticados por Francicarlos. Os alunos que já haviam denunciado o professor em 2017, criaram uma página na Internet para denunciar o acusado e também cobrar providências contra o professor. Inclusive pelas redes sociais os alunos estão convocando uma manifestação para chamar a atenção da sociedade sobre a situação.  Atualmente Francicarlos está afastado das suas funções por determinação da reitora da Universidade Federal do Maranhão, Nair Portela. De acordo com as denúncias feitas o professor Francicarlos Cardoso, teria assediado várias alunas do Colégio Universitário. Uma das vítima que prestou depoimento afirmou que foi reprovada pelo acusado porque se recusou a sair com ele. O professor não se manifestou sobre as acusações e só deve falar sobre o caso quando foi ouvido na DPCA.
                                            


                                                    
                                               





Nenhum comentário:

Postar um comentário