quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

HOMEM CONFESSA MORTE DE HOMOSSEXUAL E MOSTRA ONDE ENTERROU OS PÉS E A CABEÇA DA VITIMA

A Justiça decretou nesta quarta-feira, (30) a prisão preventiva de Valber Barbosa, conhecido como "Seu Jorge". Ele confessou que matou e esquartejou na cidade de Presidente Médici, (MA)  o homossexual Ildivan Silva Farias, conhecido como "Nezim".  Em depoimento prestado na delegacia daquela cidade ele afirmou que  a vítima foi com ele até sua resistência.  Ao chegar naquele local o acusado disse que foi assediado por "Nezim".  Os dois acabaram discutindo e Valber armou-se com uma garruncha e atirou na cabeça da vitima. Ele afirma que após o crime resolveu esquartejar o homossexual.  Valber disse que colocou os pedaços do corpo em dois sacos de nylon e foi jogar em um açude. No entanto os pés e a cabeça ele levou para enterrar em outro local para dificultar a identificação.  Após a confissão ele levou os policiais onde havia enterrado os pés e a cabeça da vitima. O celular de Ildivan foi encontrado enterrado dentro da casa do acusado. A vítima estava desaparecida desde sábado, (25) quando foi visto bebendo em companhia de Valber.  O corpo do homossexual só foi encontrado pela polícia na última terça-feira.  Após a confissão do crime o acusado foi encaminhado para a Unidade Prisional de Zé Doca.
                                

                                   


Nenhum comentário:

Postar um comentário