sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

DESEMBARGADOR DECIDE MANTER PREFEITO DE DAVINOPOLIS NA CADEIA

O desembargador José Luiz Almeida do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, negou o pedido de hábeas corpus imperado pela defesa do prefeito de Davinópolis, (MA),José Rubem Firmo, conhecido como "Rubem Lava Jato " Ele está preso em Imperatriz,  desde o início do ano acusado de ser o mandante do assassinato do ex-prefeito de Davinópolis, Ivanildo Barbosa Paiva. Também estão presos acusados de participação no crime o fazendeiro Antônio José Messias, conhecido como "Messias da Pneu Zero ", o cabo da Polícia Militar do Estado do Pará Francisco de Assis Bezerra Soares, conhecido como "Tita", o sargento da Polícia Militar do Estado do Maranhão Willame Nascimento da Silva, o mecânico José Denilton Guimarães, o "Boca Rica" e o motorista de aplicativo Douglas da Silva Barbosa. Todos também recolhidos em unidades Prisionais da região Tocantina. Mesmo estando preso "Rubem Lava Jato" está na condição de prefeito afastado do cargo até que a Câmara Municipal de Davinópolis, divida pela cassação do seu mandato. Por enquanto a cidade e administrada pelo vereador Raimundo Nonato, que assumiu o cargo desde que o prefeito foi preso. O ex-prefeito Ivanildo Barbosa, foi mortos com sete tiros e o corpo dele foi encontrado em um matagal no povoado Juçara na zona rural de Davinópolis no dia 11 de novembro do ano passado.  
                                   

Nenhum comentário:

Postar um comentário