sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

POLICIAIS MILITARES EXECUTARAM PREFEITO DE DAVINOPOLIS POR 200 MIL REIAS

Os delegados Praxistenes Moraes e Jeffrey Furtado estão concluindo as investigações em torno do assassinato do ex-prefeito de Davinópolis,(MA), Ivanildo Barbosa Paiva. Com a prisão do fazendeiro Antônio José Messias, conhecido como "Messias da Pneu Zero", apontado como mandandante do crime.  A polícia concluiu que a morte do prefeito foi encomendada por 200 mil reais e que a execução foi praticada pelos polícias militares Francisco Bezerra Soares,o "Tita", cabo da Polícia Militar do Estado do Pará e o soldado da Polícia Militar do Estado do Maranhão Willame Nascimento da Silva, que era lotado na cidade de Grajaú. O crime ainda teve como intermediários os indivíduos identificados como o mecânico José Denilton Sousa Guimarães, conhecido como "Boca Rica", Gean Dearlen dos Santos Neres, o motorista de Uber Douglas da Silva Barbosa e Carlos Ramiro Limas Ramos, conhecido como "Léo".  De acordo com os delegados o crime teve uma vertente política e financeira.  "Messias da Pneu Zero" teria tentado por duas vezes se eleger vereador em Davinópolis e não se elegeu.  Desde então passou a fazer oposição ao prefeito.  O que a polícia ainda tá tentando definir e se ele se associou a outras pessoas para encomendar a morte do ex-prefeito.
                                 



Nenhum comentário:

Postar um comentário