terça-feira, 11 de dezembro de 2018

MOTORISTA DE UBER É PRESO ACUSADO DE ENVOLVIMENTO NA MORTE DO PREFEITO DE DAVINOPOLIS

A Polícia Civil prendeu em Imperatriz,  (MA) o Motorista de Uber Douglas da Silva Barbosa. Ele teve a prisão temporária decretada pela Justiça, acusado de envolvimento na morte do prefeito da cidade de Davinópolis Ivanildo Barbosa de Paiva. Com a prisão dele sobe para cinco o números de pessoas presas até agora por envolvimento na trama que resultou na morte do prefeito. Segundo as investigações Douglas teria sido a pessoa que alugou o veículo usado pelos criminosos, um Ônix de placas QNV-1313, Belo Horizonte, (MG).  O carro também foi aprendido pela polícia. Além desse veículo os policiais aprenderam ainda quatro carros e uma moto que supostamente teriam sido adquiridos pelos acusados com o dinheiro recebido pelo assassinato do prefeito de Davinópolis.
POLICIAIS ENVOLVIDOS
Na manhã desta terça-feira,  (11) a polícia prendeu o cabo da Polícia Militar do Pará,  Francisco Bezerra Soares, 44 anos,  conhecido como "Tita " e o soldado da Polícia Militar do Estado do Maranhão Willame Nascimento da Silva,  lotado na cidade de Grajaú. Os dois são apontados como os executores de Ivanildo Barbosa.  Também foram presos Gean Dearlen  dos Santos Neres e o mecânico José Denilton Sousa Guimarães, conhecido como "Boca Rica" . Ele é proprietário da oficina onde foi encontrado o veículo usado na prática do crime.  Com as prisões efetuadas a polícia espera chegar ao mandantes do crime e os motivos que levaram a execução do prefeito.  Todas as prisões são temporárias e os dois policiais militares então recolhidos no 3- Batalhão da Polícia Militar em Imperatriz e os outros envolvidos estão na Unidade Prisional daquela cidade.

                             


       

Nenhum comentário:

Postar um comentário