terça-feira, 18 de dezembro de 2018

JÚNIOR DE NEZIM VAI SER JULGADO PELO ASSASSINATO DO PRÓPRIO PAI

O empresário Manoel Mariano de Sousa, conhecido como "Junior de Nezim" vai sentar no banco dos réus para ser julgado pelo assassinato do próprio pai.  O ex-prefeito de Barra do Corda, (MA), Manoel Mariano de Sousa Neto, conhecido como "Nezim". A decisão  é do juiz da 2- Vara Criminal daquele município Iran Kurban Filho.
TRAMA E MORTE
O ex-prefeito de Barra do Corda, foi assassinado no dia 6 de dezembro do ano passado. O crime teria sido planejado e executado pelo seu próprio filho Manoel Mariano de Sousa. De acordo com as investigações o ex-prefeito Nezim, vinha desconfiando que estavam furtando gado de uma de suas fazendas que eram administradas pelo filho. No dia do crime ele estava indo a uma dessas fazendas onde deveria ter um rebanho de 635 cabeças de gado e no entanto só restavam 81.  Com receio que a vítima descobrisse que o mesmo vinha acontecendo em outras propriedade.  O acusado teria tramado e executado a morte do ex-prefeito.  "Nezim" foi morto com um tiro no pescoço e a polícia acabou descobrindo toda a trama e prendendo os envolvidos. "Júnior de Nezim",  desde então permanece preso no Complexo Penitenciário São Luís. O julgamento dele deve ocorrer no ano que vem com local e data a serem definidos.
                                   
                                   


Nenhum comentário:

Postar um comentário