quinta-feira, 15 de novembro de 2018

HOMEM ACUSADO DE TENTAR MATAR FUNCIONÁRIO DA CEMAR DIZ QUE TEVE CASA INVADIDA E OBJETOS QUEBRADOS PELOS SERVIDORES DA EMPRESA

O operário Valdonez Rosa Moura, preso no início desta semana na cidade de Imperatriz, (MA) , acusado de tentar matar um funcionário da Companhia Energética do Maranhão, (CEMAR). Disse que agiu em legítima defesa protegendo a sua integridade e o seu patrimônio. Valdonez que havia sido preso por policiais da Superintendência Estadual de Investigações Criminais, (SEIC ), foi posto em liberdade por determinação da justiça. Ele afirma que foi surpreendido na segunda-feira, (12) com a chegada de uma equipe da Cemar em sua residência no bairro Parque Santa Lúcia, naquela cidade. O operário alega que os funcionários da empresa o acusavam de furto de energia . Valdonez diz que os dois funcionários agiram com muita truculência e ja dentro da casa dele passaram a revirar móveis e eletrodomésticos a procura de um suposto "gato" no sistema de energia. Foi naquele momento que ele teria tentado impedir a ação dos dois homens e então houve uma troca de agressões onde Valdonez, confirma que usou uma faca para se defender acabou atingindo um dos funcionários da empresa, que não teve a sua identidade revelada. Ao falar sobre o caso Valdonez exibiu fotos dos estragos que os funcionários da Cemar teriam provocado em sua residência. O caso segue sendo apurado através de inquérito instaurado pela Polícia Civil de Imperatriz.

                                                                         




Nenhum comentário:

Postar um comentário