quarta-feira, 10 de outubro de 2018

ASSALTO A RESIDÊNCIA TERMINA COM DOIS MORTOS NO MIRITIUA


O funcionário da Universidade Federal do Maranhão, José Bernardino Ramos, 73 anos foi assassinado nesta quarta-feira, (10) durante um assalto em um sítio de sua propriedade, localizado na rua Nossa Senhora das Graças no Marítiua. Ele era pai do promotor de justiça Paulo Roberto Ramos. No local também foi morto o Assaltante identificado como Anderson Bruno Costa Santos, 19 anos. De acordo com o que foi apurado pela polícia o crime ocorreu depois que três assaltantes armados pularam o muro e entraram na propriedade. Os bandidos roubaram vários objetos e queriam a chave do veículo da família para fugirem.  Naquele momento uma das pessoas que estava no imóvel reagiu e iniciou uma luta com Anderson que estava com uma das armas. Na luta ocorreram os disparos que atingiu José Bernardino provocando a sua morte. Anderson também foi atingido e teve morte no local. Após os levantamentos feitos pelos peritos do ICRIM,  os corpos foram removidos para o IML. Em nota o Ministério Publico do Maranhão se solidarizou com o promotor Paulo Roberto.

 
O Ministério Público do Maranhão informa, com pesar, o falecimento do senhor José Bernardino Ramos, vítima de latrocínio, na manhã desta quarta-feira, 10 de outubro. A vítima é pai do promotor de justiça Paulo Roberto Barbosa e sogro da promotora de justiça Márcia Haydée Porto de Carvalho.

A Segurança Institucional do Ministério Público do Maranhão esteve no local e está acompanhando todas as etapas das investigações. Um dos assaltantes morreu no local do crime. Outros dois suspeitos estão foragidos.

Aos familiares enviamos nossa solidariedade, na esperança de que Deus conforte o coração de todos neste momento de dor.

Redação: CCOM - MPMA

Nenhum comentário:

Postar um comentário