segunda-feira, 10 de abril de 2017

225 ÔNIBUS ASSALTADOS EM SÃO LUÍS NOS PRIMEIROS MESES DO ANO


Mais de 200 assaltos a ônibus foram registrados nos primeiros 90 dias do anos 2017 em São Luís, (MA) . Os dados foram divulgados pelo O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão. De acordo com os levantamentos o mês de Março registrou 84 assaltos na região metropolitana. Em Janeiro foram contabilizado 77 e em fevereiro foram registrados 64. Ao todo o primeiro trimestre fechou com 225 roubos a coletivos em São Luís. 
No comparativo com o balanço do primeiro trimestre de 2016, quando foram contabilizadas 153 ações do tipo, é possível observar que em 2017, já foram praticados 72 assaltos a mais, no mesmo período. As estatísticas refletem na insegurança, compartilhada por passageiros e trabalhadores do sistema no último mês de Março.

Em relação às datas, com maior quantidade de ocorrências, destaque para 22 e 23 de Março, que registraram sete assaltos em cada um desses dias, ou seja, somando, são 14 ações criminosas em apenas 48 horas. Em seguida, aparecem na lista, as datas 13 e 17 de Março, com seis assaltos em cada um desses dois dias.

Quanto às localidades preferidas pelos criminosos, para pôr os assaltos em prática, as principais em Março foram: Bacanga, Anel Viário, Monte Castelo, Maranhão Novo, Terminal da Cohama, Planalto Pingão e Maracanã.

As informações já foram encaminhadas ao Comando de Policiamento Metropolitano. O papel do Sindicato dos Rodoviários é cobrar ações efetivas, que possam impedir que novos assaltos aconteçam no  transporte público. É competência da Polícia Militar, combater ostensivamente os crimes.

“Todos os meses, antes mesmo de divulgarmos a imprensa, encaminhamos os dados que chegam das empresas, a Polícia Militar. Há algum tempo, estamos alertando as autoridades de segurança, que os trabalhos desenvolvidos, não estão mais surtindo o efeito desejável. Os criminosos estão cada vez mais audaciosos e diante disso, a polícia precisa desenvolver novas estratégias. Estamos preocupados com o aumento dos assaltos a ônibus. Fazemos um clamor, a Secretaria de Segurança Pública, que destine maior atenção a situação, antes que algo mais grave aconteça”, enfatiza Isaias Castelo Branco, Presidente do Sindicato dos Rodoviários do Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário