quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

MULHER SEQUESTRA BEBÊ NO DISTRITO FEDERAL E É PRESA AO TENTAR FUGIR PARA O MARANHÃO




Uma recém-nascida de apenas um mês foi sequestrada em Samambaia, (DF) .  A acusada Francisca Ribeiro, 32 anos era vizinha da mãe da criança   e foi presa  em um terminal de ônibus clandestino localizado em Taguatinga, (DF). Ela tentava seguir com a criança para o Maranhão (MA). A ideia, segundo a mulher, era sensibilizar o ex-marido afirmando que a filha era do casal e, assim, reatar o casamento.



Segundo informações repassadas pela Polícia Civil, a operadora de caixa Alessandra Ferreira, 34 anos, precisou deixar a bebê com Francisca Ribeiro, 32, porque foi ao cartório, no Hospital Regional de Samambaia (HRSam), para registrar a filha. Quando retornou para buscar a garotinha, não encontrou ninguém na casa.



Alessandra notou que a janela do imóvel estava aberta. Ao chegar perto da cama, onde teria visto a criança deitada, constatou que não era o bebê e sim um rolo feito com cobertor, simulando ser uma criança. Como Francisca já havia comentado da intenção de voltar para o Maranhão, Alessandra começou uma peregrinação em busca das duas.



Foi em todas as agências de transporte de ônibus de Taguatinga. Até que conseguiu localizar Francisca e sua filha, prestes a embarcarem em um ônibus irregular estacionado próximo ao Supermercado Comper de Taguatinga.



Alessandra retirou a criança dos braços da vizinha e seguiram para a 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia). A suspeita estava com uma mala onde continham roupas da criança e objetos pessoais.



Em depoimento, Francisca Ribeiro alegou que é acostumada a cuidar e ficar com a criança. Em razão do convívio com ela, acabou criando um laço de afetividade, motivo pelo qual havia pedido a bebê para Alessandra.



Francisca foi presa e vai responder por subtração de incapaz, crime inafiançável e que pode render até seis anos de cadeia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário