segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

CORONÉIS DA PMMA TROCAM ACUSAÇÕES APÓS MORTE DE UMA JOVEM EM BALSAS


A morte da jovem Karina Brito, durante uma perseguição policial na semana passada na cidade de Balsas, (MA), acabou gerando uma troca de acusações entre o tenente coronel Juarez Medeiros, comandante do 4º Batalhão da Policia Militar naquele município e o tenente coronel Antônio Carlos Sodré comandante da Companhia de Policiamento Especializado, (CPE). Segundo Medeiros o resultado desastroso da operação seria de responsabilidade dos policiais da Companhia de Operações de Sobrevivência em Área Rural. (COSAR) que estão subordinados ao tenente coronel Sodré. Ao tomar conhecimento das declarações do colega o comandante do CPE reagiu indignado e disse que o coronel Medeiros e um incompetente e deve procurar trabalhar.


ENTENDA O CASO

As irmãs Karina Brito e Kamila Brito Ferreira foram baleadas na madrugada de quinta-feira, (15) na cidade de Balsas, (MA), durante uma operação feita por policiais da Companhia de Operações de Sobrevivência em Área Rural, ( COSAR), naquele município. Karina não resistiu ao ferimentos e morreu a caminho do hospital e Kamila baleada no braço teve que ser atendida em um hospital daquela cidade.

Segundo informações os policiais estavam à paisana e em um veiculo descaracterizado a procura dos bandidos que tinham atacado as agências dos Banco do Brasil e Bradesco na madrugada de quarta-feira (14) na cidade de Fortaleza dos Nogueiras. As duas irmãs estavam retornando do velório de uma amiga quando os policiais tentaram abordar o veiculo Fiat Palio onde eles estavam.
Suspeitando que poderia ser um assalto as vitimas tentaram fugir e foram perseguidas pelos policiais. Durante a perseguição foram disparados vários tiros contra o carro das vitimas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário